Câmbio Store na mídia
Terra press releaseStartSe press releaseInfoMoney press releaseGlobo News press releaseAbra seu negócio press release

Conversão peso mexicano real. Sem taxas escondidas.

Você pode levar horas para encontrar a melhor taxa de peso mexicano. Economize seu tempo e dinheiro. Nós mostramos em tempo real as melhores cotações das casas de câmbio da sua cidade.

Peso Mexicano comercial nos últimos 30 dias.

Loading...
mapa peso-mexicano hoje

Melhor cotação de peso mexicano hoje.

Realize sua troca com a melhor cotação de Peso Mexicano em nossa casa de câmbio online. Negociação sem barreiras geográficas.

peso-mexicano hoje seguro

Peso Mexicano 100% seguro com parceiros autorizados pelo Banco Central.

Você será notificado(a) via e-mail a cada estágio da sua compra ou venda de peso mexicano. Além disso, você pode acompanhar pelo nosso website de onde estiver.

Não fique com
dúvidas

A Câmbio Store tem um Centro de Suporte completo para te ajudar em suas dúvidas e te auxiliar com a melhor experiência em peso mexicano.

Central de Ajuda e Suporte

Algumas dúvidas frequentes

Saiba tudo sobre o Peso Mexicano

O Peso Mexicano

O peso mexicano (símbolo: $; código: MXN) é a moeda corrente e oficial do México. O seu código anterior a reavaliação da moeda em 1993 era o MXP; já o símbolo $, também utilizado por outras moedas americanas, está associado a origem comum entre elas: o Real Colonial Espanhol. A antiga moeda utilizada nas colônias da Espanha fez com que o peso mexicano, assim como o dólar dos Estados Unidos e as demais mantivessem o $ como símbolo oficial. Durante a primeira metade do século XX, o peso mexicano manteve-se como uma das moedas mais estáveis da América Latina, pois a economia do México, diferente das economias sul-americanas, não enfrentou períodos de instabilidade e hiperinflação. Na década de 1970, no entanto, a crise do petróleo trouxe consequências catastróficas para a economia mexicana. Diante da impossibilidade de realizar o pagamento da dívida externa, a fuga de capitais levou o país a um período de recessão, com elevadas taxas inflacionárias e desvalorização do peso mexicano no mercado internacional. A nova estratégia adotada pelo presidente Carlos Salinas, junto a criação de uma nova moeda no ano de 1993 foram fundamentais ao restabelecimento do peso mexicano e da economia local entre as principais do mundo. O Banco do México é a autoridade monetária do país, com autonomia para exercer as suas funções, estando entre as principais a garantia de estabilidade e poder de compra do peso mexicano. Através da manutenção da estabilidade geral dos preços pelo banco central no país, foi possível observar um crescimento de fato, além de manter o poder de compra do peso, permitindo a expansão do crédito doméstico líquido.

A economia do México

Desde a crise que assolou o país no ano de 1994, as administrações responsáveis pelos fundamentos macroeconômicos no México melhoraram as suas propostas e metas, levando o país a um cenário de estabilidade e permitindo que se mantivesse distante da crise da América do Sul no ano de 2002. Além disso, estas medidas mantiveram as taxas gerais de crescimento da economia mexicana a um saldo positivo, ainda que não elevadas. A relativa estabilidade econômica do México, não impede, no entanto, que exista uma desigualdade imensa entre o rural e o urbano, além de ser um dos países com o maior índice de disparidade entre os extremamente ricos e os extremamente pobres, como visto em relatórios da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico). Ainda com isso, o México está entre uma das principais economias globais, tendo reduzido os seus índices inflacionários e taxas de juros para que possa elevar a renda per capita.

Os tipos de peso mexicano

O peso mexicano comercial: compondo um segmento do mercado brasileiro semelhante ao antigo mercado de câmbio de taxas livres, o peso mexicano comercial é utilizado de forma semelhante ao antigo mercado de câmbio de taxas livres. Ele é voltado para operações comerciais, como importação e exportação, além de ser a moeda utilizada para transações entre países. O peso mexicano turismo: neste segmento do mercado cambial, opera o peso mexicano utilizado em viagens internacionais, sejam elas a caráter turístico, profissional ou estudantil. O mercado paralelo do mexicano: Compreende a atividade de indivíduos e/ou empresas que comercializam o peso mexicano sem a autorização do Banco Central do Brasil para operar enquanto agente de câmbio. Esta prática é considerada ilegal e passível a punição. Moedas: 5, 10, 20 e 50 centavos; 1, 2, 4, 10 e 20 pesos mexicanos. Notas de banco: 20, 50, 100, 200, 500 e 1.000 pesos mexicanos.v Apesar de existirem as denominaçõe de 5 centavos e 20 pesos mexicanos em moedas, elas são dificilmente encontradas (como ocorre também com a nota de 1.000 pesos mexicanos). Cada nota de peso mexicano é ilustrada com a imagem de figuras importantes para a política e cultura do México. Entre elas está a imagem de Benito Juárez estampada na nota de 20 pesos mexicanos, José Maria Morelos y Pavón na 50 pesos mexicanos, Nezahualcóyotl na de 100 pesos mexicanos, Sor Juana Inés de la Cruz na de 200. Diego Rivera representando os 500 e Miguel Hidalgo y Costilla na raramente utilizada nota de 1.000 pesos mexicanos.

Os impostos incidentes na compra do peso mexicano

Na compra do peso mexicano, como observado na comercialização das demais moedas estrangeiras, incide o IOF (Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros). A alíquota varia para cada produto de câmbio, incidindo 1,1% na compra do peso mexicano em espécie; 6,38% nos créditos para cartões pré-pagos e 0,38% para as remessas internacionais.

As flutuações Cambiais e a cotaçao do Peso Mexicano

Após a crise de 1994, foi adotado o modelo de câmbio flutuante, onde o Banco do México deixa de se comprometer com o nível da taxa de câmbio do peso mexicano, empregando apenas os mecanismos necessários (e automáticos) ao acúmulo de reservas no exterior. Em outras palavras, não há interferências diretas e o mercado flutuante está sujeito principalmente aos distúrbios do comércio exterior. A elevação das importações implicará em um comportamento das taxas de câmbio do peso mexicano, diferente daquele observado em economias orientadas à exportação, como é o caso do México. O Brasil possui também um sistema de taxas flutuantes, onde o Banco Central do Brasil autoriza agentes à operação, mas não compromete os seus recursos, atuando apenas como reguladora das atividades monetárias do país. Por esse motivo, a cotação do peso mexicano pode variar de um lugar para o outro. Entre os valores acrescidos pela intermediadoras, estão os gastos referentes a manutenção do espaço, de funcionários, websites, transporte e segurança da moeda, além de outros.

Onde encontrar a melhor cotação do peso mexicano

A resposta é simples: na internet. Há inúmeras plataformas que possuem simuladores para facilitar a busca pelas menores cotações do mercado. Na Cambio Store não é diferente. Para utilizar o simulador, basta acessar a página inicial, selecionar a moeda desejada e preencher as informações referentes ao valor e a forma preferencial de entrega. Logo após, serão apresentadas as cotações para o peso mexicano, possibilitando ao usuário encontrar os menores valores e as melhores condições na compra da moeda.