Câmbio Store na mídia
Terra press releaseStartSe press releaseInfoMoney press releaseGlobo News press releaseAbra seu negócio press release

Conversão Euro real. Sem taxas escondidas.

Você pode levar horas para encontrar a melhor taxa de Euro. Economize seu tempo e dinheiro. Nós mostramos em tempo real as melhores cotações das casas de câmbio da sua cidade. Ajudamos você a encontrar a melhor taxa de câmbio do euro hoje.

Valor do Euro comercial nos últimos 30 dias.

Loading...
mapa euro hoje

Melhor cotação do Euro hoje.

Realize sua troca com a melhor cotação do Euro em nossa casa de câmbio online. Negociação sem barreiras geográficas. Garanta o melhor valor do Euro!

euro hoje seguro

Euro 100% seguro com parceiros autorizados pelo Banco Central.

Você será notificado(a) via e-mail a cada estágio da sua compra ou venda de Euro. Além disso, você pode acompanhar pelo nosso website de onde estiver.

Não fique com
dúvidas

A Câmbio Store tem um Centro de Suporte completo para te ajudar em suas dúvidas e te auxiliar com a melhor experiência em Euro. Garanta a melhor taxa de Euro hoje!

Central de Ajuda e Suporte

Algumas dúvidas frequentes

Saiba tudo sobre o Euro

Euro

O “Euro” (símbolo: €; código: EUR) é a moeda corrente e oficial da Zona do Euro. A moeda foi criada para substituir a extinta Unidade Monetária Européia, visando a busca por um mercado comum que oferecesse maior estabilidade econômica e menores taxas de juros aos membros da União Européia.

A Zona do Euro é composta de 19 dos 28 Estados da União Européia. A sua regulamentação é dada pelo Banco Central Europeu (Frankfurt, Alemanha), que detém cerca de 20% do PIB mundial.

Além de ser utilizado pelos países que integram a Zona do Euro, é a moeda utilizada por instituições da União Européia (ainda em países que não adotaram a moeda como oficial), além de ser a moeda dos territórios Ultramarinos da União Européia.

A principal moeda em circulação entre os países pertencentes à União Européia é o Euro. A moeda foi criada para substituir a antiga Unidade Monetária Européia, na busca por um mercado comum entre os países da União que oferecesse estabilidade econômicas e menores taxas de juros.

As dinâmicas político-monetárias para as transações envolvendo o Euro hoje são tomadas a partir de decisões intergovernamentais, dispostas em regras e leis que devem ser seguidas por todos os Estados que utilizam a moeda.

A União Européia

A Zona do Euro é composta por 19 dos 28 Estados que fazem parte da União Européia. Ela é regulamentada pelo BCE que tem a sua sede na cidade de Frankfurt, na Alemanha.

O BC europeu retém cerca de 20% do PIB mundial quando o assunto é o seu poder de compra. Esta razão explica o motivo do euro ser considerado uma moeda global; Em termos de reserva, fica atrás somente do dólar americano.

Um outro fator que explica a força do Euro diz respeito a aproximação promovida entre os países pertencentes à União Européia. Na busca pela movimentação de investimentos, bens e serviços, o uso do passaporte foi abolido entre os 19 países-membros.

A livre circulação de indivíduos não só mantém o mercado aquecido e a força do euro por toda a Europa, como favorece a criação de uma cultura europeia uniforme.

A redução da intensidade de conflitos entre regiões através destas estratégias levou a União Européia ao Nobel da Paz na busca pela pacificação no continente europeu.

As diferenças entre o Euro Turismo e Comercial

No Brasil, o mercado de câmbio está dividido em dois segmentos principais; o chamado “mercado livre” (ou comercial) e o “mercado turismo” (ou flutuante).

Quando falamos sobre o euro comercial, estamos nos referindo a moeda utilizada nas exportações e importações. Também em atividades governamentais, investimentos estrangeiros, empréstimos e outros.

No caso do euro comercial, somente os bancos e o BCB possuem autorização para atuar, o que é diferente do euro turismo.

Para comprar euro turismo, além dos dois agentes mencionados, também as agências turísticas e casas de câmbio podem ser autorizadas a atuar. No entanto, nem todos os agentes que atuam na comercialização são autorizados (o que consiste em uma prática ilegal).

Para todos os efeitos, os valores correspondentes ao turismo são mais elevados que os encontrados na moeda comercial. A diferença ocorre pois o BCB - apesar de regular a atividade -, não estipula quais valores devem ser cobrados pelo euro.

Na verdade, ele incentiva o euro a “flutuar” livremente respondendo aos distúrbios do mercado financeiro e promovendo a existência de valores entre os diferentes agentes responsáveis pela sua comercialização.

O mercado paralelo do Euro

Quando ouvimos falar sobre o “euro paralelo”, na verdade, estamos falando sobre a moeda comercializada em um mercado onde os agentes atuantes não possuem autorização para realizar a atividade.

Estes agentes podem ser indivíduos ou empresas e a atividade realizadas por eles é considerada ilegal. Um dos maiores problemas relacionados ao mercado paralelo do euro é que a falta de registros da origem do dinheiro por vezes relaciona-o com o tráfico de drogas, indivíduos ou armas.

Há ainda a falta de segurança, pois não existem meios de garantir a autenticidade da moeda obtida por este mercado ou garantias de que as transações realizadas chegarão ao destino.

O Câmbio do Euro

O Euro, como todas as outras moedas do mercado, pode ser utilizado para transações monetárias cambiais. Ele possui um valor chamado cotação do euro, que corresponde ao preço base estipulado para as negociações.

Por se tratar de uma moeda forte no mercado internacional, ele sofre menos alterações do que moedas de países emergentes ao longo de um dia - embora as variações sejam naturais para todas as moedas, por serem influenciadas por variáveis móveis.

Entre as variáveis consideradas na definição do preço de uma moeda, entram os dados referentes à taxas do dia anterior, o desempenho dos principais centros econômicos, além da situação em tempo real do mercado financeiro.

Ainda que ele regularize a atividade, não estipula os valores a serem cobrados pela atividade, promovendo uma diferença considerável entre os preços para cotação para comprar euro turismo nos locais autorizados a promover a sua comercialização.

O melhor momento para comprar o euro

Para comparar a menor cotação do Euro, o ideal é pesquisar bastante para encontrar a cotação mais vantajosa. A volatilidade do mercado impede que sejam feitas previsões precisas sobre o comportamento da moeda, mas não impede que sejam estudadas as melhores possibilidades. A Câmbio Store facilita a sua vida e compara as melhores cotações de casas de câmbio.

Prever as altas e baixas do euro pode parecer impossível considerando os diversos fatores que atuam no preço final de uma moeda. Mas há quem deseja saber o melhor momento para comprar o euro pode ser beneficiado pelo histórico da moeda.

O comportamento recente é capaz de indicar um padrão com pouca ou muita oscilação. As maiores elevações podem responder a fatores que fogem ao comum, uma vez que não obedece o funcionamento ideal do mercado flutuante do euro hoje.

O que acontece em um mercado flutuante é que as moedas respondem aos distúrbios promovidos pelas importações e pelas exportações. A desvalorização de uma moeda como o euro, por exemplo, eleva às importações no Brasil.

Esse aumento encarece às exportações - uma vez que a desvalorização do euro compreende, na verdade, a valorização do real -, e os investidores passam a buscar por mercados mais acessíveis.

A queda nas exportações diminuí a abundância de moedas estrangeiras, tornando-a mais rara no mercado e elevando a sua cotação. A elevação promove a queda das importações que leva o ciclo ao equilíbrio, até que responda a novos distúrbios.

Histórico do Euro

Se o histórico da moeda indicar uma relativa estabilidade em seus valores de obtenção, uma mínima redução - ainda que de centavos -, pode indicar o melhor momento para realizar a compra.

Como encontrar o melhor câmbio do Euro

Quem busca pelo melhor câmbio do euro deve estar atento às pequenas armadilhas de preços baixos. Isso porque o que caracteriza o “melhor câmbio” não é, necessariamente, o valor pago pela moeda, mas pelo serviço como um todo.

O que significa dizer que para encontrar o melhor valor do euro, questões como a qualidade do atendimento e a experiência de compra devem ser consideradas, assim como as formas de retirada da moeda.

Pode soar equivocado a primeiro momento, mas o valor mais baixo pago por uma moeda não implica no menor câmbio. É possível encontrar no mercado paralelo moedas por valores abaixo dos apresentados por agências turísticas, bancárias e casas de câmbio autorizadas pelo Bacen. Ainda, obter a moeda de colegas ou familiares que viajaram para o exterior recentemente.

Porém, esse é um exemplo claro do “barato que sai caro” (podendo custar a viagem). O que acontece é que ao sair do país dotado de uma quantia superior a R$10.000 é necessário apresentar um comprovante à Receita Federal que ateste a origem deste dinheiro.

O câmbio paralelo não fornece este “documento”, nem a obtenção da moeda através de familiares ou conhecidos. Somente esse fator é suficiente para entender que o menor câmbio, enquanto preço, pode não expressar o que o consumidor busca quando realiza a operação.

Pensando nisso, ao buscar pelo melhor preço do euro, considere:

Cotação Euro

Reforçamos, mais uma vez, que este elemento não define por si só o “melhor câmbio” da moeda, mas é sem dúvidas um fator fundamental no momento da compra. O segredo é buscar por agências ou casas de câmbio capazes de fornecer as menores taxas na obtenção da moeda, associando esta vantagem aos benefícios reais da transação.

Transparência e qualidade na hora de entregar os seus Euros

Muito além de educação e simpatia, a qualidade do serviço deve ser medida na disposição para sanar as principais dúvidas e fornecer informações precisas sobre todas as taxas e valores incluídos na transação.

Em outras palavras, a transparência no momento da compra é fundamental para, mais uma vez, não cair na armadilha do “preço baixo”. Ao optar por qualquer meio de compra, atente-se as pequenas letras na contratação do serviço.

Saiba quais serão os valores incidentes para além do valor da moeda no momento da transação. Somente dotado de tais informações é possível definir qual o melhor preço do euro em sua cidade.

Quando falamos sobre a experiência ao comprar euro, estamos nos referindo ao valor pago por ela em determinado momento, sendo definido pela demanda existente no mercado.

Quando ocorre uma elevação na busca pelo euro, a cotação tende a aumentar. O contrário também acontece quando há uma redução na procura pela moeda.

Para além destas variáveis, comprar euro considera também a taxa de câmbio do dia anterior, a situação presente do mercado financeiro, o desempenho dos principais centros econômicos e outros.

O valor do euro corresponde o valor da moeda em um certo momento, definido por uma série de variáveis, sendo a principal delas a demanda existente no mercado pela moeda.

Apesar disso, esta é apenas uma das variáveis que influenciam na cotação de uma moeda. Considera-se também os dados obtidos até o início das operações do dia, como a cotação da data anterior, o desempenho dos principais centros da economia mundial ou a situação presente das importações e exportações de um país.

Para encontrar o melhor preço, não há outra alternativa que fuja ao conhecimento básico sobre a dinâmica do mercado flutuante e a pesquisa sobre o histórico de preços da moeda - que pode indicar tendências em seu comportamento.

Como encontrar a menor cotação do euro

Há dois fatores fundamentais que podem beneficiar quem deseja encontrar os menores valores na compra do euro.

  • O primeiro deles diz respeito a pesquisas sobre o histórico da moeda em diferentes períodos do ano e em intervalo de anos distintos.
  • O segundo fator, é o entendimento a respeito das flutuações cambiais, que podem revelar o melhor momento para a compra.

O histórico da moeda revela quais os fatores influenciaram em sua valorização ou desvalorização no período de ocorrência.

Um bom exemplo é o registro histórico do dólar a R$4,00 no ano de 2015. Esta elevação respondia a grande procura pelo dólar devido às preocupações do mercado com votações que ocorriam no Congresso dos Estados Unidos e a possibilidade da elevação dos juros cobrados pela Federal Reserve (sistema de bancos centrais dos EUA).

No entanto, essa valorização sem precedentes da moeda, não é comum. Na verdade, a análise do histórico combinada ao entendimento sobre as flutuações cambiais permite entender os movimentos contrários que levam sempre uma moeda ao equilíbrio.

Funciona da seguinte forma: As importações e exportações realizadas por um país são capazes de definir a força de sua moeda no mercado. É comum nos depararmos com os conceitos de “valorização” (alta) ou “desvalorização” (queda).

Na relação entre o euro e o real, a valorização do euro ocorre quando é preciso gastar uma quantia maior que a anterior em reais para obter a moeda. Se antes bastavam R$3,05 para obter o euro e eleva-se o valor a R$3,10, dizemos que o euro valorizou.

Por outro lado, quando há uma queda para R$3,00, dizemos que houve a desvalorização do euro em relação ao real. O que significa dizer, na verdade, que ocorreu a valorização do Real no mercado, sendo necessária uma quantia menor da moeda doméstica para obter a moeda estrangeira.

A valorização e a desvalorização levam a resultados contrários, mas complementares, uma vez que são os responsáveis pelo equilíbrio do mercado de câmbio flutuante.

O que ocorre em um cenário de desvalorização do euro, é o aumento das importações. Este processo indica que o Real foi valorizado no mercado, levando ao encarecimento das exportações, o que afasta investidores.

A diminuição das exportações resulta, então, na menor circulação do euro em território nacional, promovendo a sua valorização.

O entendimento desta dinâmica permite enxergar através do histórico de cotações do euro, os períodos onde há tendência anual a elevações (seja pelas taxas de importação e/ou exportações) e àqueles onde há uma tendência a diminuição.

Se os últimos dias indicam uma baixa no valor do euro, não é preciso esperar por grandes alterações. É possível que ela diminua poucos centavos (ou eleve os perdidos nas últimas semanas).

Assim, melhor momento para comprar o euro é diante de qualquer sinal de que o valor encontrado é um dos menores apresentado nos últimos dias e que o comportamento da moeda indica que não é preciso esperar por grandes oscilações.

Há dois fatores que beneficiam àqueles que buscam pelo menor preço para comprar euro: A pesquisa sobre o comportamento da moeda nos últimos dias, semanas, meses ou mesmo anos (possível ao realizar o acompanhamento do histórico).

Para além, o entendimento sobre a dinâmica existente em um mercado de câmbio flutuante é uma excelente forma de descobrir os motivos de não ser preciso pensar 2 vezes diante de quedas que aparentam ser pouco significativas.

Funciona da seguinte forma: As importações e exportações realizadas por um país são capazes de definir a força de sua moeda no mercado. É comum nos depararmos com os conceitos de “valorização” (alta) ou “desvalorização” (queda).

Na relação entre o euro e o real, a valorização do euro ocorre quando é preciso gastar uma quantia maior que a anterior em reais para obter a moeda. Se antes bastavam R$3,05 para obter €1 e eleva-se o valor a R$3,10, dizemos que o euro valorizou.

Por outro lado, quando há uma queda para R$3,00, dizemos que houve a desvalorização do euro em relação ao real. O que significa dizer, na verdade, que ocorreu a valorização do Real no mercado, sendo necessária uma quantia menor da moeda para obter o euro.

A valorização e a desvalorização levam a resultados contrários, mas complementares, uma vez que são os responsáveis pelo equilíbrio do mercado de câmbio flutuante.

O que ocorre em um cenário de desvalorização do euro, é o aumento das importações de produtos pagos na moeda para o país. Este processo indica que o Real foi valorizado no mercado, levando ao encarecimento das exportações (que afasta investidores).

A diminuição das exportações resulta, então, na menor circulação do euro em território nacional, fazendo dele mais difícil de ser encontrado e promovendo a valorização da moeda.

O entendimento desta dinâmica permite enxergar através do histórico de cotações do euro, os períodos onde há tendência anual a elevações (seja pelas taxas de importação e/ou exportações) e àqueles onde há uma tendência a diminuição.

Se os últimos dias indicam uma baixa no valor da moeda, não é preciso esperar por grandes alterações. É possível que ela diminua poucos centavos (ou eleve os perdidos nas últimas semanas).

Desta forma, o melhor momento para comprar o euro é diante de qualquer sinal de que o valor encontrado é um dos menores apresentado nos últimos dias e que o comportamento da moeda indica que não é preciso esperar por grandes oscilações.

Experiência completa ao comprar câmbio turismo

Mais uma vez, somente o preço baixo e a qualidade do atendimento podem não ser capazes de revelar o melhor valor do euro.

Em algumas casas de câmbio, ocorrem negociações exaustivas sobre taxas, além de procedimentos burocráticos, tornando a experiência desagradável. Ao optar por plataformas virtuais todos esses problemas são eliminados.

A compra é simples e intuitiva. Tem-se início na simulação, informando todos os valores desejados e então, o encaminhamento para o preenchimento do formulário e conclusão da compra.

A entrega do Euro

E como se não bastasse, a compra da moeda estrangeira online oferece uma outra vantagem: o delivery. É possível optar pelo recebimento da quantia adquirida em endereço previamente cadastrado.

O que é um grande diferencial, não apenas pela praticidade, mas também pela segurança. As proximidades de casas de câmbio - quando não as próprias agências -, são alvos frequentes de criminosos.

O transporte do Euro é realizado por equipe treinada para o procedimento, além de seguirem rotas previamente estipuladas pela empresa responsável pela segurança.

O Câmbio do Euro e valores para os principais destinos da Europa

Feita a escolha pelo local da compra, é imprescindível estipular a quantia aproximada a ser gasta no país de destino.

Países da Zona do Euro

O uso do Euro é realizado para países situados na zona do Euro (19 dos 28 da União Europeia), estando entre os principais países a Alemanha, a França, a Espanha, a Itália, a Grécia, Portugal e Irlanda.

Câmbio comercial e turismo

Quem acompanha os noticiários já deve ter percebido que as cotações apresentadas não correspondem aos valores cobrados pela compra do euro nas principais intermediadoras.

O primeiro motivo que favorece a diferenciação diz respeito aos valores exibidos por si só. Geralmente, eles referem-se às taxas do dia anterior e não os valores do euro em tempo real.

Além disso, há no Brasil dois segmentos diferentes se tratando de operações cambiais:

  • O primeiro mercado, chamado livre ou comercial, é onde atua o euro comercial. Ele é voltado às importações, exportações, transações governamentais, investimentos no país ou pagamento de financiamentos e empréstimos da União.
  • Quando falamos sobre o turismo, nos referimos ao mercado turismo ou ou flutuante (onde opera a dinâmica anteriormente apresentada). Ele é chamado flutuante pois, ainda que autorize os agentes a comercializar a moeda, não estipula a eles quanto deve ser cobrado pela sua venda. Neste caso, além dos bancos e do BC, as agências turísticas e corretoras de câmbio podem possuir autorização para atuar. A não existência de autorização cedida configura o Mercado Paralelo do Euro.

O Mercado paralelo

Em um mercado de câmbio paralelo, não há garantia alguma quanto a origem do dinheiro. Ele pode ser fruto do tráfico de drogas, armas ou mesmo do tráfico humano. Há diversas outras práticas associadas que busca evitar estipulando diretrizes gerais e fornecendo autorização a alguns agentes.

A não autorização caracteriza uma prática ilegal que pode ser desempenhada por indivíduos e/ou empresas. Além do risco já citado, não há qualquer garantia quanto a autenticidade do euro comprado no mercado paralelo ou que a transação concluída chegada ao destino esperado.

Há ainda um outro problema relacionado à obtenção do euro através de agentes não autorizados. A compra da moeda em valores superiores a R$10.000 em espécie exige apresentação do comprovante junto à Receita Federal para deixar o país.

Somente agentes autorizados são capazes de fornecer tal comprovante e a não apresentação do documento pode dificultar ou mesmo impossibilitar a realização da viagem.

O Euro e a sua força no mercado internacional

A Zona do Euro é composta por 19 dos 28 Estados integrantes da União Européia. Com sede em Frankfurt, na Alemanha, ela é regulamentada pelo Banco Central Europeu.

O euro foi criado para substituir a antiga Unidade Monetária Européia e a sua criação visava a diminuição das taxas de juros e a busca por um mercado comum europeu que favorecesse a estabilidade econômica na região.

Por consistir na força de um bloco, parte considerável de seu valor é justificado. Este mesmo bloco eliminou o uso de passaportes por seus membros, favorecendo a circulação dos indivíduos, mantendo o mercado aquecido e movimentando investimentos.

O euro comercial e o euro turismo

Há dois segmentos principais no mercado cambial brasileiro: O Mercado de câmbio de Taxas Livres (MCTL) e o Mercado de Câmbio de Taxas Flutuantes (MCTF).

Quando falamos sobre o Mercado de Câmbio de Taxas Livres, utiliza-se a moeda estrangeira em sua versão “comercial”. Neste mercado ocorrem as operações de Comércio Exterior (importações e exportações), além de ser pelo euro comercial que os governos realizam transações internacionais e o pagamento de empréstimos.

O euro turismo é utilizado para a manutenção de brasileiros no exterior, seja em viagens turísticas, intercâmbio profissional e estudantil, além de compras em sites internacionais que utilizam o euro para concluir as suas transações.

Melhor câmbio do Euro hoje

Quem busca pelo melhor câmbio do euro deve estar atento às pequenas armadilhas de preços baixos. Isso porque o que caracteriza o “melhor câmbio” não é, necessariamente, o valor pago pela moeda, mas pelo serviço como um todo.

O que significa dizer que para encontrar o menor câmbio, questões como a qualidade do atendimento e a experiência de compra devem ser consideradas, assim como as formas de retirada da moeda.

Somente benefícios reais podem revelar a melhor forma de obter o euro. Se deseja saber quais fatores considerar no momento de realizar a compra, acompanhe a postagem e descubra.

Os elementos-chave para encontrar o menor câmbio do Euro

Pode soar equivocado a primeiro momento, mas o valor mais baixo pago por uma moeda não implica no menor câmbio. Se formos levar ao pé da letra, talvez seja uma colocação difícil de ser aceita. Mas vamos pensar da seguinte forma:

É possível encontrar no mercado paralelo moedas por valores abaixo dos apresentados por agências turísticas, bancárias e casas de câmbio. Ainda, obter a moeda de colegas ou familiares que viajaram para o exterior recentemente.

Porém, esse é um exemplo claro do “barato que sai caro” (podendo custar a viagem). O que acontece é que ao sair do país dotado de uma quantia superior a R$10.000 é necessário apresentar um comprovante à Receita Federal que ateste a origem deste dinheiro.

O câmbio paralelo não fornece este “documento”, nem a obtenção da moeda através de familiares ou conhecidos. Somente esse fator é suficiente para entender que o melhor câmbio, enquanto preço, pode não expressar o que o consumidor busca quando realiza a operação.

Pensando nisso, ao buscar pelo melhor preço do euro, considere:

O preço

Reforçamos, mais uma vez, que este elemento não define por si só o “melhor câmbio” da moeda, mas é sem dúvidas um fator fundamental no momento da compra. O segredo é buscar por estabelecimentos capazes de fornecer as menores taxas na obtenção da moeda, associando esta vantagem aos benefícios reais da transação.

Qualidade do serviço

Muito além de educação e simpatia, a qualidade do serviço deve ser medida na disposição para sanar as principais dúvidas e fornecer informações precisas sobre todas as taxas e valores incluídos na transação.

Em outras palavras, a transparência no momento da compra é fundamental para, mais uma vez, não cair na armadilha do “preço baixo”. Ao optar por qualquer meio de compra, atente-se as pequenas letras na contratação do serviço.

Saiba quais serão os valores incidentes para além do valor da moeda no momento da transação. Somente dotado de tais informações é possível definir qual o melhor valor do euro.

Experiência de compra

Mais uma vez, somente o preço baixo e a qualidade do atendimento podem não ser capazes de revelar o melhor preço.

Em algumas casas de câmbio, ocorrem negociações exaustivas sobre taxas, além de procedimentos burocráticos, tornando a experiência desagradável. Ao optar por plataformas virtuais todos esses problemas são eliminados.

A compra é simples e intuitiva. Tem-se início na simulação, informando todos os valores desejados e então, o encaminhamento para o preenchimento do formulário e conclusão da compra.

A retirada da moeda

E como se não bastasse, a compra da moeda estrangeira online oferece uma outra vantagem: o delivery. É possível optar pelo recebimento da quantia adquirida em endereço previamente cadastrado.

O que é um grande diferencial, não apenas pela praticidade, mas também pela segurança. As proximidades de casas de câmbio - quando não as próprias agências -, são alvos frequentes de criminosos.

O transporte da moeda é realizado por equipe treinada para o procedimento, além de seguirem rotas previamente estipuladas pela empresa responsável pela segurança.

O Câmbio do Euro e valores para os principais destinos da Europa

Feita a escolha pelo local da compra, é imprescindível estipular a quantia aproximada a ser gasta no país de destino.

O Câmbio do Euro é realizado para países situados na zona do Euro (19 dos 28 da União Europeia), estando entre os principais países a Alemanha, a França, a Espanha, a Itália, a Grécia, Portugal e Irlanda.

É realmente seguro comprar Euro na Câmbio Store?

Sim, somos parceiros das maiores instituições financeiras do país e oferecemos a melhor preço do Euro em tempo real. Nossas taxas do Euro são válidas 24h por dia e 7 dias por semana.

Quais são as formas de pagamento aceitas para comprar Euro?

O pagamento do Euro deve ser feito via Transferência Entre Contas, TED/DOC ou via Depósito Identificado (somente para valores até R$10.000,00).

Quais os impostos que incidem no câmbio turismo?

Ao efetuar a troca do Euro em moeda em espécie existe a cobrança do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) no montante de 1,10%. Já no caso de Cartão Pré-Pago, o imposto sobre esta operação de Euro é de 6,38%. No caso de remessas internacionais, o imposto obrigatório na operação de Euro é de 0,38%.

Quais são os dados bancários para pagamento do valor do Euro?

Temos diversos parceiros ao longo de todo o território nacional que vendem Euro. Portanto, os dados bancários para a operação de Euro dependerão da escolha da cidade, moeda, modalidade e parceiro escolhido no momento exato da compra do Euro.

Quais são as modalidades disponíveis para efetuar a compra do Euro?

Euro na modalidade moeda em espécie e cartão pré-pago temos as opções de Delivery (através de portador) e Retirada (nos pontos de retirada previamente cadastrados na plataforma).

Como são realizadas as entregas?

A entrega do Euro é realizada por portadores treinados, devidamente registrados e totalmente preparados para efetuar o delivery. Fique tranquilo(a), a entrega será feita com total segurança e discrição.

Quanto custa o delivery do Euro em moeda em espécie ? E no caso do cartão pré-pago (visa travelmoney e master travelmoney) ? A partir de quanto o delivery é isento?

O valor cobrado para efetuar o delivery do Euro dependerá da cidade, da moeda, da quantidade e do parceiro escolhido no momento exato da compra.

Posso autorizar outra pessoa a receber o EUR? Posso autorizar qualquer pessoa a receber?

Sim! Mas precisar ser alguém da sua confiança para receber o seu Euro pois a conferência é obrigatória no ato da entrega do Euro. Além disto, já no momento da compra do Euro você deverá informar as pessoas autorizadas a receber o seu pedido de Euro.

Quais situações em que o Euro comercial é utilizado?

Para as pessoas físicas e na situação de viagem ao exterior, o Euro utilizado nesta situação é o Euro turismo. O Euro turismo toma como base de cálculo o Euro comercial, adicionando gastos para a importação da moeda e, além disto, soma a margem de lucro dos estabelecimentos que vendem Euro. Desta forma, o Euro turismo sempre é mais caro que o Euro comercial. Já o Euro comercial é utilizado para realização de operações de fechamento de Euro que geralmente envolvem operações comerciais de pessoas jurídicas, tais como por exemplo: pagamento de importação de materias e/ou produtos, recebimento dos valores referente a exportação, pagamentos de serviços diversos e entre outros.

Como entrar em contato com a Central de Atendimento para tirar dúvidas e acompanhar a minha compra do Euro?

Nós temos um processo automatizado de comunicação digital para todas as operações, portanto, fique tranquilo(a) com relação a sua operação. Mesmo assim, em caso de dúvidas sobre sua compra de Euro, nosso horário de atendimento é de Segunda à Sexta: 09h00 às 18h00 através do telefone: (11) 4858-9934.

Qual é a melhor forma de comparar as cotações?

Comprar Euro online é uma das maneiras mais eficientes hoje em dia. Além de ter acesso rápido a diversas cotações, você consegue pesquisar a reputação do estabelecimento de forma rápida e segura.

Quais principais vantagens da Comprar Euro online?

São tantas coisas para pensar numa viagem que aceite o Euro, tal como malas, passaportes, passagens aéreas, vistos, vacinas, que fica fácil esquecer que precisava ter feito a cotação. A internet revolucionou o mundo, quer seja para trabalho ou para lazer, para efetuar a compra, e também para tarefas cotidianas como ir ao banco, fazer compras, fechar negócios são facilitadas hoje em dia. Para pesquisar não precisa ser diferente. Antes da internet, para verificar o valor e até comprar Euros, ou seja, fazer o câmbio do Euro hoje, precisaríamos ir até um banco ou uma casa de câmbio em algum centro comercial. Entretanto, com a criação de casas de câmbio online, é possível ver o valor do Euro hoje sem sair de casa. É verdade que existe uma certa resistência quando se trata de compras de Euro Turismo on-line, especialmente envolvendo troca da moeda ou uma simples preço do Euro, mas os sistemas são muito seguros.

Quais as principais dúvidas ao pesquisar pela internet?

Cotação do Euro online? Algumas dúvidas pairam sobre a cabeça até de quem já está acostumado a comprar câmbio turismo em suas viagens, portanto, podemos concluir que efetuar a comparação online é a maneira mais fácil, segura e econômica.

Por que é mais seguro pegar a Cotação do Euro Hoje pela internet e comprar online?

Pois você pode fazer a cotação pela internet e receber em casa, no escritório ou em qualquer outro local desejado. Quantas vezes você comprou moeda estrangeira, saiu pela rua carregando notas e notas de dinheiro, com a sensação que estava sendo perseguido? O simples fato de estarmos com EUR já remete a uma questão comum em nosso país, a insegurança. Além disso, dependendo da quantidade que você fizer a cotação de Euro poderá ter o frete grátis.

Qual é a forma mais rápida de pesquisar os preços?

Pela internet, em poucos segundos você consegue o melhor preço. Vai dizer que já foi ao shopping conferir a cotação euro turismo e teve que pegar aquela fila no guichê da loja de câmbio? Vai dizer que você teve que correr durante seu almoço, para ir ao banco fazer a TED referente ao seu pedido, em seguida correr para a corretora e ainda achar um lugar para estacionar? Em poucos minutos (dependendo da velocidade da internet, até em segundos), você pode concluir a transação, basta ter tudo cadastrado (talvez não na primeira compra), mas a partir da segunda, é certeza que vai levar bem menos tempo que a primeira, inclusive duvido que a primeira compra demore mais que 5 minutos para efetuar a cotação e concluir a sua compra.

Como funciona a Cotação e Compra de Euro online?

Simule, faça o cadastro simples, escolha a quantidade com a taxa do momento (inclusive dá para cotar várias vezes sem precisar perturbando o corretor perguntando de 5 em 5 minutos se o preço subiu ou caiu), quando a transação estiver fechada, basta realizar o TED ou Transferência entre Contas e anexar o comprovante no site referente a sua compra.