Nossos Produtos

A forma mais segura e econômica de comprar Euro hoje

Medal icon
Safety icon
World icon
Trustpilot logo
Stars

Câmbio Store
na mídia

Cotação Euro turismo real. Sem taxas escondidas.

Você pode levar horas para encontrar a melhor taxa de euro. Economize seu tempo e dinheiro. Nós mostramos em tempo real as melhores cotações das casas de câmbio da sua cidade.

Euro comercial nos últimos 30 dias

Loading...
mapa-euro

Melhor cotação de Euro hoje. Troque moedas estrangeiras de qualquer lugar do mundo.

Negociações sem barreiras geográficas. Realize sua troca com a melhor cotação de Euro em nossa casa de câmbio online.

euro-seguro

Euro 100% seguro com parceiros autorizados pelo Banco Central.

Você será notificado(a) via e-mail e sms a cada estágio da sua compra ou venda de euro. Além disto, você pode acompanhar pelo nosso website de onde estiver.

Não fique com
dúvidas

A CâmbioStore tem um Centro de Suporte completo para te ajudar em suas dúvidas e te auxiliar com a melhor experiência em euro.

Central de Ajuda e Suporte

Algumas dúvidas frequentes

Euro: estamos em todas capitais do Brasil. Veja alguns exemplos da nossa capilaridade.

Acre (AC), Alagoas (AL), Amapá (AP), Amazonas (AM), Bahia (BA), Ceará (CE), Distrito Federal (DF), Espírito Santo (ES), Goiás (GO), Maranhão (MA), Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS), Minas Gerais (MG), Pará (PA), Paraíba (PB), Paraná (PR), Pernambuco (PE), Piauí (PI), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande do Norte (RN), Rio Grande do Sul (RS), Rondônia (RO), Roraima (RR), Santa Catarina (SC), São Paulo (SP), Sergipe (SE) e Tocantins (TO).

O melhor momento para comprar o euro

Na hora de realizar a compra do euro, o ideal é obtê-lo pelas menores taxas do mercado e com a cotação mais vantajosa. A volatilidade do mercado impede que sejam feitas previsões precisas sobre o comportamento da moeda, mas não impede que sejam estudadas as melhores possibilidades. Prever as altas e baixas do euro pode parecer impossível considerando os diversos fatores que atuam na cotação final de uma moeda. Mas há quem deseja saber o melhor momento para comprar o euro pode ser beneficiado pelo histórico da moeda. O comportamento recente é capaz de indicar um padrão com pouca ou muita oscilação. As maiores elevações podem responder a fatores que fogem ao comum, uma vez que não obedece o funcionamento ideal do mercado flutuante. O que acontece em um mercado flutuante é que as moedas respondem aos distúrbios promovidos pelas importações e pelas exportações. A desvalorização de uma moeda como o euro, por exemplo, eleva às importações no Brasil. Esse aumento encarece às exportações - uma vez que a desvalorização do euro compreende, na verdade, a valorização do real -, e os investidores passam a buscar por mercados mais acessíveis. A queda nas exportações diminuí a abundância de moedas estrangeiras, tornando-a mais rara no mercado e elevando a sua cotação. A elevação promove a queda das importações que leva o ciclo ao equilíbrio, até que responda a novos distúrbios. Se o histórico da moeda indicar uma relativa estabilidade em seus valores de obtenção, uma mínima redução - ainda que de centavos -, pode indicar o melhor momento para realizar a compra.

O mercado paralelo do Euro

Quando ouvimos falar sobre o “euro paralelo”, na verdade, estamos falando sobre a moeda comercializada em um mercado onde os agentes atuantes não possuem autorização do Banco Central para realizar a atividade. Estes agentes podem ser indivíduos ou empresas e a atividade realizadas por eles é considerada ilegal. Um dos maiores problemas relacionados ao mercado paralelo do euro é que a falta de registros da origem do dinheiro por vezes relaciona-o com o tráfico de drogas, indivíduos ou armas. Há ainda a falta de segurança, pois não existem meios de garantir a autenticidade da moeda obtida por este mercado ou garantias de que as transações realizadas chegarão ao destino.

O Euro

A principal moeda em circulação entre os países pertencentes à União Européia é o Euro. A moeda foi criada para substituir a antiga Unidade Monetária Européia, na busca por um mercado comum entre os países da União que oferecesse estabilidade econômicas e menores taxas de juros. As dinâmicas político-monetárias para as transações envolvendo o Euro são tomadas a partir de decisões intergovernamentais, dispostas em regras e leis que devem ser seguidas por todos os Estados que utilizam a moeda.

A origem do Euro

A Zona do Euro é composta por 19 dos 28 Estados que fazem parte da União Européia. Ela é regulamentada pelo Banco Central Europeu que tem a sua sede na cidade de Frankfurt, na Alemanha. O Banco Central europeu retém cerca de 20% do PIB mundial quando o assunto é o seu poder de compra. Esta razão explica o motivo do euro ser considerado uma moeda global; Em termos de reserva, fica atrás somente do dólar americano.

A história do Euro

Um outro fator que explica a força do Euro diz respeito a aproximação promovida entre os países pertencentes à União Européia. Na busca pela movimentação de investimentos, bens e serviços, o uso do passaporte foi abolido entre os 19 países-membros. A livre circulação de indivíduos não só mantém o mercado aquecido e a força do euro por toda a Europa, como favorece a criação de uma cultura europeia uniforme. A redução da intensidade de conflitos entre regiões através destas estratégias levou a União Européia ao Nobel da Paz na busca pela pacificação no continente europeu.

O Euro Comercial

No Brasil, o mercado de câmbio está dividido em dois segmentos principais; o chamado “mercado livre” (ou comercial) e o “mercado turismo” (ou flutuante). Quando falamos sobre o euro comercial, estamos nos referindo a moeda utilizada nas exportações e importações. Também em atividades governamentais, investimentos estrangeiros, empréstimos e outros. No caso do euro comercial, somente os bancos e o Banco Central possuem autorização para atuar, o que é diferente do euro turismo.

O Euro Turismo

Se tratando do euro turismo, além dos dois agentes mencionados, também as agências turísticas e casas de câmbio podem ser autorizadas a atuar. No entanto, nem todos os agentes que atuam na comercialização são autorizados (o que consiste em uma prática ilegal). Para todos os efeitos, os valores correspondentes ao euro turismo são mais elevados que os encontrados na moeda comercial. A diferença ocorre pois o Banco Central - apesar de regular a atividade -, não estipula quais valores devem ser cobrados pelo euro. Na verdade, ele incentiva o euro a “flutuar” livremente respondendo aos distúrbios do mercado financeiro e promovendo a existência de valores entre os diferentes agentes responsáveis pela sua comercialização.

O Câmbio do Euro

O Euro, como todas as outras moedas do mercado, pode ser utilizado para transações monetárias cambiais. Ele possui um valor chamado “cotação”, que corresponde ao preço base estipulado para as negociações. Por se tratar de uma moeda forte no mercado internacional, ele não sofre grandes alterações de seu valor ao longo de um dia - embora as variações sejam naturais para todas as moedas, por serem influenciadas por variáveis móveis. Entre as variáveis consideradas na definição da cotação de uma moeda, entram os dados referentes à taxas do dia anterior, o desempenho dos principais centros econômicos, além da situação em tempo real do mercado financeiro. O Banco Central define os valores-base para a cotação do euro diariamente, que são repassados para as instituições financeiras na realização de suas operações cambiais e estas, promovem a comercialização entre pessoas físicas/jurídicas. Ainda que ele regularize a atividade, não estipula os valores a serem cobrados pela atividade, promovendo uma diferença considerável entre os preços de compra do euro turismo nas autorizadas a promover a sua comercialização.