Câmbio Store na mídia
Terra press releaseStartSe press releaseInfoMoney press releaseGlobo News press releaseAbra seu negócio press release

Conversão dólar neozelandês real. Sem taxas escondidas.

Você pode levar horas para encontrar a melhor taxa de dólar neozelandês. Economize seu tempo e dinheiro. Nós mostramos em tempo real as melhores cotações das casas de câmbio da sua cidade.

Dólar Neozelandês comercial nos últimos 30 dias.

Loading...
mapa dolar-neozelandes hoje

Melhor cotação de dólar neozelandês hoje.

Realize sua troca com a melhor cotação de Dólar Neozelandês em nossa casa de câmbio online. Negociação sem barreiras geográficas.

dolar-neozelandes hoje seguro

Dólar Neozelandês 100% seguro com parceiros autorizados pelo Banco Central.

Você será notificado(a) via e-mail a cada estágio da sua compra ou venda de dólar neozelandês. Além disso, você pode acompanhar pelo nosso website de onde estiver.

Não fique com
dúvidas

A Câmbio Store tem um Centro de Suporte completo para te ajudar em suas dúvidas e te auxiliar com a melhor experiência em dólar neozelandês.

Central de Ajuda e Suporte

Algumas dúvidas frequentes

Saiba tudo sobre o Dólar Neozelandês

O Dólar Neozelandês

O Dólar Neozelandês (Símbolo: $; Código: NZD) é a moeda corrente e oficial da Nova Zelândia. Ela é utilizada também nas Ilhas Cook, Niue, nas dependências de Ross, Tokelau e nas ilhas de Pitcairn. Apesar do símbolo oficial ser idêntico ao do dólar estadunidense, é comum encontrá-la abreviada como NZ$ para distinguir-se das demais moedas que utilizam o dólar no nome. Ela é também informalmente chamada de “Kiwi”, por associação ao pássaro indígena da Nova Zelândia (representado na moeda de 1 dólar neozelandês).

O Dólar Neozelandês é de responsabilidade do Banco de Reserva da Nova Zelândia. A moeda é subdividida em centavos (1/100) e foi introduzida na Nova Zelândia no ano de 1967. Há dez denominações para ela, sendo cinco em moedas e cinco em notas. As moedas estão disponíveis nos valores de 10, 20 e 50 centavos, e também em 1 e 2 dólares neozelandeses. Já as notas encontradas correspondem aos valores de 5, 10, 20, 50 e 100 dólares neozelandeses.

As Origens do Dólar Neozelandês

Antes de se introduzir o Dólar na Nova Zelândia, a Libra era a moeda utilizada no país. Apesar de distinta da libra esterlina desde o ano de 1933, o sistema utilizava uma variação dividida em 20 xelins, sendo cada xelim subdividido em 12 pence.

Já na década de 1930, existiam propostas para a alteração da moeda e adoção de um sistema decimal, no entanto, foram necessários mais de 20 anos para que começassem a surgir planos e projetos mais embasados. No ano de 1957, o governo criou um comitê voltado às estratégias de adoção da moeda decimal, sendo implementada dez anos mais tarde, no dia 10 de julho de 1967.

Entre as propostas de nome, estava o “kiwi”, o “zelo” e a “samambaia”, mas foi o dólar que acabou vendendo a batalha e recebeu uma grande campanha publicitária que tinha a figura do Mr. Dollar (personagem de desenho animado), como o símbolo da transição da moeda anterior para o Dólar Neozelandês. A moeda foi introduzida a uma taxa de dois dólares por uma libra (um dólar a dez xelins; dez centavos a um xelim).

O Dólar Neozelandês e a Economia da Nova Zelândia

De acordo com o Bank for International Settlements, o Dólar Neozelandês é a 10ª moeda mais negociada do mundo. A sua importância para o mercado de câmbio global se dá devido a relativa participação da moeda no PIB Global. A participação do dólar neozelandês no volume diário do mercado de câmbio gira em torno de 2%.

Durante muitos anos, a economia Neozelandesa foi estruturada sob uma gama restrita de produtos agrícolas, como a lã, os produtos lácteos e a carne. Apesar disso, estes produtos estavam também entre as exportações mais valiosas do país, sustentando o êxito da economia da Nova Zelândia desde os finais do século XIX à década de 1970.

Entre os anos de 1984 e 1993, a economia da Nova Zelândia tornou-se uma das mais abertas da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico), diferente do que era visto anteriormente, quando a Nova Zelândia apresentava uma política econômica centralmente controlada e fechada às demais.

Atualmente a Nova Zelândia possui uma das economias mais globalizadas do mundo, realizando trocas comerciais para sustentar a sua economia, em especial com a União Européia, com os Estados Unidos, China, Coréia do Sul, Japão, Canadá e, claro, Austrália. Com a última, a Nova Zelândia possui um Acordo de Relações Econômicas Próximas (ou Acordo Comercial sobre Relações Econômicas entre Austrália e Nova Zelândia; Australia New Zealand Closer Economic Relations Trade Agreement, ANZCERTA; Closer Economic Relations, CER), que mantém a sua economia alinhada à economia australiana.

O país mantém-se forte no setor primário, que corresponde a mais de 6% das exportações da Nova Zelândia. Apesar disso, o país possui uma economia de mercado diversificada, com indústrias voltadas à produção de alimentos, metais, madeira, papel e alumínio.

Um outro fator que explica o sucesso da economia neozelandesa é o baixo nível de corrupção percebida no país. Segundo o Índice de Percepção da Corrupção do ano de 2016, elaborado pela Transparency Internacional, a Nova Zelândia é o primeiro lugar entre 176 países do globo, consequencia de suas ratificações para convenções, políticas e programas contra a prática.

As diferenças entre o dólar neozelandês turismo e comercial

Até 2005 no Brasil existiam dois mercados de câmbio distintos: o Mercado de câmbio de taxas livres (MCTL) e o Mercado de câmbio de taxas flutuantes (MCTF). Por resolução do Conselho Monetário Nacional, os mercados foram unificados criando apenas um mercado de câmbio legal no país. Apesar de único, este mercado é segmentado entre o Mercado Livre e o Flutuante, onde opera o Dólar neozelandês comercial e o dólar neozelandês turismo respectivamente.

O Dólar Neozelandês Turismo

O dólar neozelandês turismo é a moeda utilizada para viagens internacionais, seja qual for o caráter da viagem. Ela é comercializada por agentes autorizados pelo Banco Central (entre eles bancos, agências de turismo e casas de câmbio). Apesar de passível a autorização pelo Banco Central (BC), o BC não estipula a taxa cobrada pela moeda, ficando a critério das intermediadoras que adicionam ao valor comercial do dólar neozelandês os gastos referentes ao transporte e segurança da moeda, além da manutenção do espaço, funcionários, site e outros.

O Dólar Neozelandês Comercial

O dólar neozelandês comercial é a moeda utilizada em operações de comércio exterior, como exportações e importações; além de ser pelo dólar neozelandês comercial que os governos realizam o pagamento de empréstimos, patentes e investimentos. Diferente do dólar neozelandês turismo, apenas as agências Bancárias e o Banco Central possuem autorização para atuar no Mercado Livre.

Os impostos incidentes na compra do Dólar Neozelandês

Na compra de moedas estrangeiras há a incidência do IOF - Imposto sobre Operações Financeiras ou Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros - , em diferentes valores de alíquota, que variam de acordo com os produtos de câmbio comercializados. O IOF é definido por decreto presidencial. Atualmente, para a compra do dólar neozelandês em espécie, o valor cobrado é 1,1% de IOF. Os créditos para cartões pré-pagos possuem a alíquota de 6,38% do imposto e as remessas internacionais são feitas com a incidência de 0,38% de IOF.